NOVIDADES
RAÇA NEGRA É ATRAÇÃO DO 29º FESTIVAL NACIONAL DE PEIXES E FRUTOS DO MAR DE TRAMANDAÍ

A banda Raça Negra se apresenta, no dia 1º de julho (domingo), às 18h, na Arena de Shows no Centro Municipal de Eventos, (Rua Ernesto Nunes Bandeira, 920, Centro), durante a 29ª edição do Festival Nacional de Peixes e Frutos do Mar de Tramandaí.

O evento, que será realizado sempre de quinta-feira a domingo, de 28 de junho a 22 de julho, contará com mais duas atrações nacionais, Luan Santana e Dennis DJ.

A famosa Tainha assada na brasa e os pratos típicos da região a base de frutos do mar são a essência do festival. Os visitantes também terão a disposição, um parque de diversões e 200 pontos comerciais. Além dos shows nacionais, diversas atrações regionais e locais prometem embalar o público. O Ingresso para o show dará acesso a toda a feira e demais atrações no dia.

Os ingressos estão à venda no site blueticket (https://www.blueticket.com.br/22794/29-Festival-de-Peixes-e-Frutos-do-Mar-Raca-Negra/?obj=listagem-tipo), Lojas Multisom e CR Diementz. O segundo lote tem valores de R$ 35,00 (Arena), R$ 70,00  (VIP Copo Cheio), R$ 60,00 (Camarote) e R$ 150,00 (On Stage).

O 29º Festival Nacional de Peixes e Frutos do Mar de Tramandaí conta com patrocínio do Grupo MBM, realização da Celeiro Feiras E Eventos, apoio da Prefeitura de Tramandaí e produção cultural da Danna Produções Ltda.

Saiba mais sobre a Banda Raça Negra

Desafiar o tempo com suas canções sempre foi uma das principais características do Raça Negra, suas músicas são conhecidas por públicos de todas as faixas etárias e classes sociais. Com 33 anos de carreira Luiz Carlos e seus companheiros já provaram ser unanimidade em todos os segmentos musicais.

Foi a primeira banda de samba a tocar numa rádio FM com a música “Caroline”. Na década de 90, entrou para o Guinness Book com a canção “É tarde demais” devido a impressionante marca de mais de 600 execuções em rádios num só dia. Mas todo este sucesso teve uma pitada de ousadia: a incursão de instrumentos incomuns ao seguimento como naipes de metais.

 A popularização do samba nos meios de comunicação tem nome e sobrenome - Raça Negra! A ascensão da banda para outros países veio com oitavo LP lançado também na Europa, Ásia e África, com as músicas "Preciso desse amor" (Luiz Carlos e Antônio Carlos Carvalho) e "É amor demais" (Elias Muniz e Luiz Carvalho), consagrando um dos maiores fenômenos musicais dos anos 90.

Luiz Carlos sempre teve a batuta nas mãos para reger os passos do Raça Negra e é um ícone entre os nomes que surgiram posteriormente. Impossível falar em alguém que canta, toca e vive de samba que não tenha bebido da fonte dos Raça Negra. Este ano eles completam 34 anos de carreira e trazem na bagagem 12 vinis, 28 CDs e quatro DVDs e mais 36 milhões de discos vendidos.

Postado em 22/06/2018